"NÃO PALAVRA ABRE AS PORTAS"

Em 2017 o blog Não Palavra abre as portas para arteterapeutas, estudantes e interessados que tenham um desejo guardado e/ou ativo de se lançarem ao desafio da escrita. Assim, o Não Palavra faz um convite aos amigos e parceiros que até aqui nos acompanharam pela leitura, para que se tornem coautores deste espaço de articulação de ideias sobre a Arteterapia.

Desenvolvemos algumas linhas de pesquisa e orientações para balizar aos que aceitarem o desafio tão instigante da escrita.

LINHAS DE PESQUISA

1)    Arteterapia: aspectos teóricos e articulações em suas especificidades:
Embora a Arteterapia faça interseção com diversos outros saberes, ela possui sua identidade própria, seu corpo teórico e prático próprios. Nesta linha de pesquisa cabe a exposição e articulação de ideias quanto àquilo que é próprio da Arteterapia, contribuindo para seu fortalecimento como saber e profissão.

2)    Arteterapia e outros saberes:
Uma das maiores características da Arteterapia se dá em seu grande potencial para dialogar com diversos outros saberes, como a Psicologia, Psicanálise, Medicina, Filosofia, Educação, Terapia Ocupacional, Teoria e História da Arte e outros. Nesta linha de pesquisa cabe a articulação entre a Arteterapia e outros saberes que possam contribuir para sua articulação teórica e instrumentalização dos profissionais que nela atuam.

3)    Resenhas de literatura em Arteterapia e/ou saberes relacionados:
Para que o arteterapeuta se instrumentalize para uma atuação consistente é necessária a dedicação em um estudo aprofundado das teorias da Arteterapia e outros saberes relacionados. Esta linha de pesquisa tem como objetivo a sugestão de literaturas ou referências que possam colaborar para a formação do profissional de Arteterapia. Aqui o autor fará uma resenha apresentando um livro ou outras referências como vídeo, filme, exposição ou espetáculo que tenha contribuído para seu estudo, pesquisa e prática em Arteterapia.

4)    Práticas em Arteterapia:
Para o fortalecimento da profissão Arteterapia em nosso país, é essencial que a classe invista em sua prática propriamente dita. Sabemos que a Arteterapia pode contribuir amplamente em sua riqueza de possibilidades para o coletivo/social. Desta forma, esta linha de pesquisa tem como objetivo a visibilidade, o relato e a troca de experiências quanto às diversas práticas existentes em Arteterapia em todo o Brasil.


Caso você tenha se identificado com esta proposta e se sinta motivado a aceitar o nosso convite, escreva para naopalavra@gmail.com
Assim poderemos iniciar nosso contato para maiores esclarecimentos quanto à proposta, ao formato do texto e quem sabe para um amadurecimento da sua ideia.


A Equipe Não Palavra te aguarda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário